Endereçamento IP

Publicado em Aprendendo juntas

Na semana passada eu postei uma dica de como organizar o cadastro de usuários, hoje quero compartilhar um pouco do que pode ser feito para padronizar o endereçamento IP da sua rede.

 
Quando temos uma rede pequena, isso não tem muito sentido, mas imagine uma rede distribuída com mais de 2000 recursos disponibilizados sem uma padronização que ajude a localizar rapidamente onde se encontra o equipamento no caso de uma falha.  É uma verdadeira gincana.

Então a dica de hoje é sobre endereço IP - Internet Protocol ou Protocolo de Internet. Assim como não quis focar o tópico anterior em um sabor de sistema operacional, aqui vou exemplificar no formato IP v4, e deixo o link sobre IP v6 para pesquisas futuras http://www.ipv6.br/.

Que é uma sequência de números composta de 32 bits. Esse valor consiste em um conjunto de quatro sequências de 8 bits. Cada uma destas é separada por um ponto e recebe o nome de octeto ou simplesmente byte, já que um byte é formado por 8 bits. O número 110.10.110.255 é um exemplo. Repare que cada octeto é formado por números que podem ir de 0 a 255, não mais do que isso.

Criei uma tabela simples onde utilizo o seguinte padrão 10.AA.BB.XX, onde:

  • O 10 do primeiro octeto representa a rede interna e não a rede válida registrada para navegação internet.  Isso é muito importante, pois já vi muito disso ocorrer em empresas.
  • AA é o número da unidade de negócio ou departamento, então o segundo octeto pode ser utilizado para identificar o local físico do recurso.

  • O terceiro octeto representado pelo BB é utilizado para identificar o tipo de recurso conectado à rede.

  • O quarto e último octeto representado pelo XX é um número sequencial para ajudar a identificar quantos equipamentos daquele tipo ou função estão conectados naquela rede. Simples até para fazer um inventário rápido de recursos.

Abaixo segue uma tabela de exemplo para ajudar a explicar melhor

Endereçamento IP

10.A.5.X

Gerenciamento e Agentes SNMP

10.A.10.X

Servidores – WINDOWS

10.A.11.X

Servidores – UNIX ou LINUX

10.A.12.X

Servidores - Terminal Services

10.A.13.X

Gateways

10.A.14.X

Gateways

10.A.15.X

Roteadores

10.A.20.X

Bridges e Switches

10.A.25.X

Impressoras

10.A.26.X

Coletores de Rádio Frequência / Access Points

10.A.3X.X

Clientes de Rede – IP dinâmicos

10.A.41.X

Clientes de Rede - IP estáticos

10.A.50.X

Centrais telefônicas

10.A.60.X

Nobreaks Inteligentes

Renata Valéria Lopes. Profissional com mais de 20 anos na área de Tecnologia da Informação. Graduada em Processamento de Dados e Pós-graduada em Gestão Empresarial.  Leitora compulsiva, blogueira, apaixonada por redes sociais e estudante em constante desenvolvimento, acredita na cooperação, colaboração e compartilhamento do conhecimento como forma de aprendizado.

Deixar seu comentário

0
termos e condições.
  • Nenhum comentário encontrado
No tweets found.

Newsletter

Receba notícias do MNT no seu e-mail
  • agilebrazil-logo
  • fgsl 180x150
  • latinoware
  • Evento TDC2014